4 dicas para não errar no controle de estoque da sua loja.

Fazer o controle de estoque de forma adequada pode evitar muitos problemas para o lojista de uma empresa de materiais de construção. Sabemos que este setor exige um estoque bem controlado para que não falte material quando o cliente precisar e para que a dinâmica de separação e entrega seja produtiva.

Diariamente, lojistas da área de materiais de construção têm que lidar com as demandas de material para atender seus clientes. Como a obra não pode parar, a loja que não tiver o material disponível pode acabar perdendo o seu cliente para a concorrência, uma vez que ele vai ter que buscar uma solução em outras empresas.

Pensando nisso, trouxemos algumas dicas para que você, lojista, possa aprender a fazer o controle de estoque de forma satisfatória, não sofrendo com perda de material e sem deixar produtos em falta na sua empresa.

 

Tenha uma equipe ou profissional especializado

Uma empresa de materiais de construção, por menor que seja, precisa ter um profissional especializado somente no controle do estoque. Logicamente, se a empresa for de maior porte, pode ser necessária a contratação de uma equipe.

De qualquer forma, um profissional dedicado somente ao estoque vai estar o tempo todo na função de dar entrada e saída de produtos, separar para entrega e cuidar da segurança e integridade do estoque. Este profissional deve estar presente na loja, então é necessário ter um responsável direto pelo seu controle.

 

Saiba qual é o seu estoque mínimo 

O estoque mínimo é a quantidade de produtos que precisa estar sempre no controle para que não falte material. Esse estoque mínimo vai garantir que o seu material consiga suprir as necessidades dos clientes até que chegue uma nova remessa do fornecedor.

O cálculo do estoque mínimo é bem simples e deve ser feito de acordo com cada produto e seu fornecedor. O número de produtos que você terá de cada item no estoque é basicamente a multiplicação da quantidade vendida por dia pelo tempo (em dias) que demora para o seu pedido chegar: Estoque mínimo = Vendas por dia X Tempo de entrega do pedido.

 

Cuide do local de armazenamento do estoque

O local de armazenamento do seu estoque deve ser climatizado e atender todas as especificações para que não haja danos aos produtos. Além disso, é necessário pensar na segurança do estoque de forma que ninguém sem permissão tenha acesso ao local e que os produtos estejam bem guardados, livres de roubos e furtos.

Outro detalhe importante é que o local de estoque seja pensado para armazenar os produtos de forma eficiente. Isso vai ajudar na colocação e separação dos produtos. 

Sobretudo, quando o estoque é organizado de forma eficaz, o tempo gasto em tarefas internas diminui, deixando o cliente feliz com o rápido atendimento e liberando o profissional para outras tarefas.

 

Invista na tecnologia para o controle de estoque

Por fim, a dica é investir em tecnologia para fazer o controle de estoque adequado. O interessante é que cada empresa invista na criação de um software próprio de acordo com a forma de controle do estoque, com detalhes como entrada e saída de produtos, valores, descrição detalhada de cada produto e até mesmo informações do estoque mínimo. 

É possível também que a empresa compre um software pronto de controle de estoque que já seja utilizado por outros lojistas. O ideal é que se faça uma avaliação da necessidade do software, o custo de cada um e com isso escolher a melhor opção para que a tecnologia possa trabalhar a favor do lojista. 

Ficou alguma dúvida sobre o assunto? Quer conhecer a linha de produtos da Tytan? Entre em contato conosco pelo telefone (41) 2118-6656 ou vendas@selena.com. 

Acompanhe também o nosso Facebook, Instagram, YouTube e não deixe de conferir também o nosso blog para ficar por dentro de dicas interessantes sobre construção civil.