O fluxo de trabalho no canteiro de obras: evitando problemas!

O dia a dia nas obras exige um fluxo de trabalho intenso, complexo e com detalhes a serem observados, exigindo uma gestão eficiente de obras. Podem surgir muitas surpresas e imprevistos no canteiro de obras das execuções e essas situações indesejadas acontecem em qualquer processo, mas podemos evitar parte delas se nos atentarmos a alguns tópicos. 

A importância de um planejamento e cronograma pensados minuciosamente é muito grande, considerando cada processo e suas particularidades, visualizando possíveis problemas e imprevistos que possam surgir. E muitos dos problemas que surgem é pelo descaso com essa organização, um plano elaborado faz toda diferença para reduzir riscos e evitar prejuízos.

O ideal é saber os caminhos para evitar problemas que impactam a produtividade, lucratividade, segurança e qualidade dos projetos, mas elaborar esse plano de forma assertiva não é algo tão fácil e simples assim. Por isso, trouxemos para você quais são os problemas mais comuns no dia a dia das obras, identificando-os, para que consiga solucioná-los o quanto antes.

 

 

  • Mudanças climáticas

Esse pode ser um dos impactos cruciais para as construções, já que canteiros de obras, em sua maioria, são em lugares abertos e dependem do clima para a evolução do projeto. Desde chuvas incessantes ou não previstas, até o próprio sol forte que pode colocar em incidência problemas de saúde nos funcionários. 

O estudo pluviométrico é uma das alternativas para solucionar esse problema, já que ele aponta quais lugares apresentam maior incidência de chuva durante determinado período, permitindo assim que a gestão consiga alocar no cronograma essa programação. Isso tudo já pode ser previsto no planejamento, antes mesmo do andamento do projeto.

 

  • Equipe mal estruturada

Para uma equipe ser organizada ela necessita de comunicação entre todos. Comunicando o que precisa ser feito, quando, por quê e por quem, com acompanhamento e verificação durante os processos, evitando possíveis erros, desperdícios e prejuízos. A organização de todos os funcionários deve ser pensada nos processos e execução destes, a fim de colocar cada um em sua função, encontrando seus níveis altos de produtividade e realizando com excelência as etapas, sem ultrapassar o número necessário de funcionários e não colocando em falta nenhum dos tópicos. 

Uma quantia a mais de colaboradores leva ao pagamento de mais salários sem necessidade e a falta destes causa atrasos que podem custar caro. 

O cronograma de obras é o que pode surgir como solução, verificando quantos funcionários são necessários para cada parte do projeto, evitando ter mão de obra parada ou a falta de uma execução produtiva. A avaliação de riscos e as recomendações da Segurança de Trabalho também devem ser consideradas para que sejam proporcionadas as condições corretas e justas de trabalho a todos. 

 

  • Ultrapassar o orçamento

O orçamento de uma obra inclui muitos investimentos e gastos, entre eles os valores dos materiais, equipamentos e toda mão de obra inclusiva para a realização do projeto. Nas obras é recorrente surgirem muitos imprevistos, então pode acabar sendo necessário a compra de coisas de última hora, gastos não premeditados, atrasos e alterações no projeto que mudam as etapas como um todo. Com isso, o orçamento final pode ser extrapolado em comparação com o inicial, trazendo surpresas e prejuízos que diminuam a margem de lucro estabelecida.

Como solução para esse problema, a planilha de gastos é uma alternativa que permite um acompanhamento muito mais detalhado e planejado de como os processos ocorrem. Com ela você consegue estabelecer todo o investimento financeiro do projeto, acompanhando e atualizando conforme as coisas vão ocorrendo no canteiro de obras, possibilitando perceber quando as coisas estão indo para longe do previsto. Além da planilha, há também softwares focados em orçamento que podem solucionar esse problema, oferecendo uma organização melhor das compras, sem erros de cálculos e garantindo os melhores preços.

 

  • Desperdício de materiais

Nesse sentido é preciso de atenção, pois é um problema recorrente em obras e as taxas são altíssimas. É super importante que se tenha um controle do estoque e alinhamento com o setor de suprimentos, para que da mesma forma que não falte os materiais e itens necessários, eles não acabem ficando em excesso, prejudicando as melhores práticas de utilização para ele. 

O mau uso desses insumos também é uma problemática, já que muitas vezes a falta de organização e cuidado é o que leva ao desperdício e até custos elevados. O transporte pode ser feito de maneira incorreta, o armazenamento, a utilização em níveis maiores e não necessários.

 

Alguns aspectos como os citados, devem ser analisados e planejados para que essas situações não se tornem recorrentes, prejudicando o andamento da obra e o controle financeiro.

 

Aproveite para conhecer os produtos da linha Tytan que podem ser interessantes e super eficazes para utilização na sua construção. Tem alguma dúvida sobre os produtos? Entre em contato conosco pelo telefone (41) 2118-6656 ou vendas@selena.com

Acompanhe também o nosso Facebook, Instagram, YouTube e não deixe de conferir o nosso blog para ficar por dentro de dicas interessantes para seus projetos.