Saiba como escolher um software de gestão para as suas obras.

A tecnologia surgiu para facilitar cada vez mais alguns processos que antes dependiam 100% da ação humana. A exemplo disso, atualmente, para que uma obra tenha maior eficiência, é fundamental que se tenha um bom software de gerenciamento. 

A construção civil e engenharia já foi uma área da economia voltada quase exclusivamente para os conhecimentos técnicos referentes aos aspectos construtivos. Isto é, cálculo estrutural e entre os demais sistemas, como os complementares. Contudo, com o passar do tempo, cresceu a necessidade de as empresas investirem em gestão de obras.

Essa necessidade tem como principal objetivo aumentar a competitividade das empresas no mercado, aumentando a produtividade e reduzindo o desperdício.

 

Entre as vantagens que esse sistema oferece, podemos destacar:

  • Aumento da produtividade: produzir mais com menos tempo;
  • Aumento do retorno financeiro: ter uma gestão de obras organizada permite um grande retorno financeiro na empresa, tanto por aumentar a produtividade, quanto por reduzir custos;
  • Integração entre as equipes: realiza uma conexão entre as equipes que compõem a empresa, como os setores responsáveis por projeto, planejamento e execução da obra, por exemplo;
  • Redução do erro na gestão: a automatização dos processos e padronização de documentos é vital para evitar e reduzir os erros no gerenciamento de obras.

 

Com isso, é importante conhecer os principais módulos que um software de gerenciamento para obras deve oferecer aos profissionais. Por isso, separamos algumas funções que devem ser levados em conta na hora da decisão: 

 

Planejamento de obras:

Essa etapa é uma das mais importantes no que diz respeito à gestão de obras e inclui uma série de instrumentos. De maneira resumida, planejamento de obras significa criar uma lógica nos passos que devem ser feitos para que uma obra seja construída.

 

Medição de obras: 

A medição é importante tanto para a execução da obra quanto para o orçamento. É necessário que os softwares de gestão ofereçam opções para tratar sobre essa questão de maneira otimizada.

 

Acompanhamento de obras:

Um bom software de gestão deve oferecer mecanismos eficientes para um bom acompanhamento de obras, como acesso aos documentos via armazenamento em nuvem, por exemplo.

 

Diário de Obras:

O diário de obras é um documento igualmente importante para construtoras, profissionais e instituições de fiscalização. Ele analisa o dia a dia de obra e os passos que foram dados em cada momento. Desse modo, é possível avaliar os erros, acertos e identificar o que do planejamento não foi seguido, além de averiguar os motivos das falhas que podem ocorrer em uma construção.

 

Gestão de compras e gestão de fornecedores:

A gestão de compras e de fornecedores é muito importante para que os materiais utilizados em obra sejam de qualidade. Além disso, serve para evitar atraso na entrega dos materiais e, consequentemente, evitar atrasos na obra e desperdícios.

 

Orçamento de obras:

Este é um dos pontos mais importantes de uma construção! Em construções públicas, para aumentar a competitividade em licitações e garantir que a construção sairá dentro do que foi orçado. Nas construções privadas, para garantir que o lucro não será afetado pelos gastos.

 

Integração a outros sistemas e metodologias:

Outra característica muito importante que o software de gestão de obras deve oferecer é a integração a outros sistemas e metodologias.

 

 

#FicaaDicaTytan

Gostou desse conteúdo? Separamos mais alguns que podem ser interessantes para o seu dia a dia nas obras, confira: 

 

Aproveite para conhecer também os outros produtos da linha Tytan que podem ser interessantes para o seu dia a dia! 

Tem alguma dúvida sobre os produtos? Entre em contato conosco pelo telefone (41) 2118-6656 ou vendas@selena.com

Acompanhe também o nosso Facebook, Instagram, YouTube e não deixe de conferir o nosso blog para ficar por dentro de dicas interessantes para seus projetos.